49 3222 6401

simmmel@simmmel.com.br

6 servios do Sistema Indstria para fazer o Brasil crescer

O Sistema Indústria tem diversos programas que ajudam empresas de qualquer porte a melhorar os processos produtivos, a reduzir acidentes de trabalho e doenças ocupacionais e a buscar novos mercados internacionais. Além disso, a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), o Serviço Social da Indústria (SESI) e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) oferecem cursos de educação executiva e ajudam os empresários até na hora de conseguir financiamento junto aos bancos. Selecionamos alguns desses serviços. Um deles pode ser o que a sua empresa procura.

1. Brasil Mais Produtivo, O Brasil Mais Produtivo auxilia as empresas industriais a melhorar os processos produtivos, com implementação de ações rápidas, eficientes e de baixo custo. O programa atua também nas áreas de eficiência energética e Indústria 4.0. Mais de 3 mil empresas industriais de pequeno e médio porte serão atendidas pelo programa, com um aumento de produtividade estimado em pelo menos 20% nos processos aplicados. O programa é uma parceria entre o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), SENAI, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (Abdi) e  a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos(Apex). O Brasil Mais Produtivo é coordenado pelo MDIC e realizado pelo SENAI.

2. Micro e Pequenas Indústrias Parceria da CNI com o Sebrae, o  Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias (Procompi) tem o objetivo de promover o aumento de competitividade das micro e pequenas indústrias. O programa desenvolve projetos de acordo com a demanda dos empresários, organizados em grupos de 25 empresas. Podem ser desenvolvidas ações de capacitação empresarial, melhoria do processo produtivo, acesso a mercados e consultorias. Na edição 2015, houve aumento de 29% na produtividade das empresas beneficiadas, em comparação com apenas 2% de aumento das demais empresas brasileiras.

Até 2019 o Procompi investirá R$ 23 milhões. Em 2016, foi lançada a 1ª chamada, que selecionou 63 projetos para apoio em 23 estados e vai beneficiar 1.574 empresas de micro e pequeno porte.
3. CréditoO Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC) é um serviço de apoio às empresas industriais, criado e coordenado pela CNI e disponibilizado pelas federações estaduais de indústrias. O objetivo é orientar o empresário no processo de captação de recursos para viabilizar investimentos e a operação das empresas, inclusive com a realização de cursos nos estados. Veja a programação.

O Núcleo de Acesso ao Crédito conta atualmente com atendimento em 14 estados: AL, BA, CE, MA, MG, MT, PB, PE, PR, RN, RS, SC, SP e TO. Em 2017 a expectativa é a implantação em pelo menos mais dois estados: DF e RJ. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é a primeira instituição parceira da CNI na área de crédito. Para 2017, a expectativa é firmar mais quatro parcerias, com bancos públicos e privados.

4. Segurança e Saúde do TrabalhoO Serviço Social da Indústria (SESI) oferece diversos serviços em Segurança e Saúde para a indústria por meio dos departamentos regionais do SESI nos 27 estados e no Distrito Federal. O objetivo é diminuir os acidentes de trabalho e doenças ocupacionais, reduzindo os índices de absenteísmo e afastamento o trabalhador, contribuindo com a produtividade industrial.

Neste sentido, a atuação do SESI é a oferta de soluções inovadoras com foco na prevenção de riscos profissionais e promoção da saúde, em áreas como ergonomia, higiene ocupacional, prevenção da incapacidade, fatores psicossociais, construídas a partir da demanda da indústria e que apresente resultados em termos de redução de custos e melhoria e preservação da integridade física e mental do trabalhdor.

5. Educação EmpresarialO serviço de educação empresarial do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) atua de forma customizada, para a melhoria das competências em gestão das empresas. Em 2016, as capacitações foram realizadas com os seguintes programas: MBA em Gestão Industrial (parceria com a Faculdade da Indústria IEL e os Núcleos Regionais do IEL); Capacitação Empresarial para Pequenos Negócios (parceria com o Sebrae) e Educação Executiva (Relações Governamentais na Estratégia Corporativa e  Compliance e Eficiência Empresarial). O IEL também oferece capacitações em parceria com as melhores escolas de negócios do mundo.

6. InternacionalizaçãoDentre os serviços de apoio à internacionalização das empresas, oferecidos pela CNI, em conjunto com a Rede Brasileira dos Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN), estão: assessoria e consultoria, capacitação e sensibilização empresarial, inteligência comercial, promoção de negócios, operação comercial e aduaneira, adequação de produtos para os mercados externos e atração e promoção de investimentos. Apenas no ano passado, a Rede CIN fez mais de 62 mil atendimentos a quase 6 mil clientes.

SAIBA MAIS - Acompanhe todas as reportagens da série Indústria: o motor do Brasil:


1ª- SÉRIE ESPECIAL: A cada real produzido pela indústria, são gerados R$ 2,32 para a economia brasileira.

2ª - Ações em defesa de interesses da indústria visam a aumentar a competitividade do setor.

3ª - Representação empresarial mais forte contribui para o aumento da competitividade das empresas.

4ª - 6 serviços do Sistema Indústria para fazer o Brasil crescer.

5ª - Dia da Indústria: a importância do setor que movimenta a economia brasileira.

6ª - SESI e SENAI realizam pilotos para implementar novo currículo do ensino médio

 

Fonte: Sirlei Pires - Agncia CNI de Notcias

49 3222 6401

simmmel@simmmel.com.br

Rua Nossa Senhora dos Prazeres, 102

Centro - Lages/SC

CEP 88502-230